domingo, 4 de outubro de 2009

The Game

The Game, nome artístico de Jayceon Terrell Taylor, (Los Angeles, 29 de Novembro de 1979) é um rapper americano. The Game chegou a fama em 2005, com o sucesso de seu álbum The Documentary tendo ganho dois Grammy. Desde então, The Game é considerado ser uma grande força do hip hop da "Costa Oeste.

Biografia

The Game nasceu em Compton, um bairro de Los Angeles, Califórnia, a alcunha "The Game" foi dada pela sua avó, por praticar vários esportes. The Game foi vítima de confrontos entre gangues rivais sofrendo tiros, ele ficou em coma e sobreviveu. 50 Cent se caracterizou com as histórias semelhantes e deu uma chance á The Game quando ele foi para Nova York. Outra versão diz-nos que The Game foi descoberto por Dr. Dre, acabando por se associar ao grupo de 50 Cent em virtude de objetivos mediáticos e econômicos. The Game foi contratado pela Aftermath em 2005.

O seu bem sucedido álbum The Documentary, gravado em 2005, que trazia "Hate It or Love It" e "How We Do" com 50 Cent, no álbum incluem-se ainda singles como "Dreams", "Higher" e "Put You on the Game". O álbum é o segundo mais vendido da Aftermath, vendendo cerca de 5 milhões de discos em todo o mundo. O rapper apresenta-se com um "flow", fluência do rítmo e poesia, característico da West Coast, associado a uma capacidade invulgar para "name drop", além disto The Game apresenta-se capaz de reproduzir o "flow" de vários artistas.

Beef com 50 Cent, os dois artistas criaram problemas de relacionamento quando The Game recusou-se a apoiar 50 Cent em seus vários problemas com vários grupos de hip hop. The Game mostrava-se inclusivamente disponível para trabalhar com artistas em "guerra" como 50 Cent. Assim, The Game separou-se do grupo de 50 Cent, formando o seu próprio grupo e editora, chamado de, The Black Wall Street Records. Grandes divergências separaram os dois artistas e respectivos grupos, e The Game acaba por formar um movimento contra o seu rival G-Unit.Chamado G-Unot , é uma gangue contra G-Unit Atualmente The Game está entre os mais populares rappers e artistas dos Estados Unidos.

Discografia

Álbuns de estúdio

  • 2005 - The Documentary
  • 2006 - Doctor's Advocate
  • 2008 - LAX
  • 2009 - The R.E.D. Album

Independentes
  • 2004 - Untold Story
  • 2005 - West Coast Resurrection
  • 2005 - Untold Story, Vol. 2
  • 2006 - G.A.M.E.

Filmografia

2004
  • Grand Theft Auto: San Andreas
  • Life in a Day: The DVD ele mesmo pequena participação
2005
  • The Documentary
  • Beef 3
2006
  • Stop Snitchin, Stop Lyin' DVD
  • Waist Deep Big Meat
  • Doctor's Advocate DVD
2007
  • Def Jam: Icon
  • Tournament of Dreams —
  • Beef 4
2008
  • Street Kings

Videoclipes

2004
  • "How We Do"
  • "Hate It or Love It"
2005
  • "Better on the Other Side"
  • "Dreams" Phillip Atwell"
  • "Put You on the Game"
2006
  • "It's Okay (One Blood)"
  • "Let's Ride"
2007
  • "Wouldn't Get Far" Bryan Barber
2008
  • "Game's Pain"
2008
  • "Dope Boys"
2008
  • "My Life"
2008
  • "Camera Phone"
2009
  • "Better on the Other Side"




Jamie Foxx


Jamie Foxx, nome artístico de Eric Marlon Bishop[1], (Terrell, 13 de Dezembro de 1967) é um ator, roteirista, produtor, comediante e músico dos Estados Unidos da América.

Biografia

Artista incrivelmente versátil, atendeu à aulas de piano clássico na Juilliard, participou do programa de comédia In Living Color, teve seu próprio programa de TV, a aclamada comédia The Jamie Foxx Show, além de ter sido indicado à dezenas de prêmios por suas mais recentes interpretações no cinema.

Foi o terceiro negro à ganhar um Oscar de Melhor Ator (por sua excepcional atuação de Ray Charles no filme "Ray") e a primeira pessoa a ser triplamente indicada num Globo de Ouro no mesmo ano - Melhor Ator (pelo mesmo Ray), Melhor Ator em Filme para TV (Redemption) e Melhor Ator Coadjuvante (Collateral), além de ser o segundo homem - e primeiro negro - à entrar na seleta lista de pessoas indicadas à melhor ator/atriz e melhor ator/atriz coadjuvante no mesmo ano. Para completar, foi a quarta pessoa à ganhar um Oscar e atingir o no.1 de vendas na parada musical da Billboard, e a primeira à fazê-lo no mesmo ano - por Gold Digger, cantada ao lado de Kanye West.

Filmografia

Em Produção
  • Damage Control (2007)
  • Valentine's Day (2010)

Já lançados


  • The Kingdom (2007)
  • Dreamgirls (2006)
  • Miami Vice (2006)
  • Jarhead (2005)
  • Foxx's Best In Bed Series (2005)
  • Stealth (2005)
  • Ray (2005)
  • Collateral (2005)
  • Breakin' All the Rules (2004)
  • Redemption: The Stan Tookie Williams Story (2004)
  • Shade (2003)
  • Ali (2001)
  • Date from Hell (2001)
  • Bait (filme) (2000)
  • All Jokes Aside (2000)
  • Any Given Sunday (1999)
  • Held Up (1999)
  • The Players Club (1998)
  • Booty Call (1997)
  • The Great White Hype (1996)
  • The Truth About Cats & Dogs (1996)
  • Toys (1992)
  • The Godfagger (1991) (documentário)

Jamie Foxx, o músico

Jamie Foxx é também um bem-sucedido cantor e compositor. Começou ainda novo a tocar piano, e chegou a ter aulas de piano clássico enquanto estava na faculdade. Em 1994, Foxx lançou seu primeiro álbum, pela Fox. O álbum se chamava Peep This, mas obteve um sucesso apenas mediano. Em 2001, Foxx apresentou o Video Music Awards da MTV. Sua carreira musical recomeçou, de forma chamativa, em 2004, quando participou da música "Slow Jamz", do rapper Twista, contando também com a participação de Kanye West. A música alcançou o primeiro lugar na lista de singles norte-americanos Billboard Hot 100, e terceiro lugar na lista do Reino Unido. Foxx colaboraria com Kanye West por uma segunda vez, na música "Gold Digger", dessa vez cantando inspirado pela forma como Ray Charles cantava. A música debutou diretamente no primeiro lugar do Top 100 da Billboard e permaneceu nessa posição por 10 semanas seguidas. Em 2005, no Grammy, Foxx cantou, junto de Alicia Keys e Quincy Jones "Georgia on My Mind, como tributo à Ray Charles. No ano seguinte, Foxx seria indicado à Melhor Performance Masculina de R&B, por "Creepin". Undpredictable é o segundo álbum de estúdio de Jamie Foxx, vendendo mais de 598,000 cópias na sua primeira semana, mas falhou em atingir a primeira posição de vendas nos Estados Unidos. Após esse começo na segunda posição, Unpredictable acabou subindo para o topo da parada de álbuns pop da Billboard na sua segunda semana, com vendas de mais de 200,000 cópias nos Estados Unidos. O álbum alcançaria a nona posição na parada de álbuns do Reino Unido. Unpredictable é o primeiro álbum à conseguir tal feito - subir à primeira posição sem ter debutado nela - desde Fevereiro de 2005, quando Genius Loves Company, de Ray Charles, conseguiu tal feito. Conseguindo a primeira posição da Billboard, Foxx se tornou o quarto artista a ganhar um Oscar por sua atuação e ter um álbum na primeira posição de vendas. (Sendo os outros três a conseguir tal façanha Frank Sinatra, Bing Crosby e Barbra Streisand.) O primeiro single do álbum, a faixa-título "Unpredictable" entrou para o top 10 do Billboard Hot 100 e para o Top 20 da parada de vendas do Reino Unido. O segundo single norte-americano foi "DJ Play A Love Song", que reuniu mais uma vez Jamie Foxx com Twista para uma colaboração. No Reino Unido, entretanto, o segundo single do álbum foi "Extravanganza" (por vezes chamado de "One Night Extravaganza"), que reunia Jamie Foxx com outro artista importante para sua carreira: Kanye West.

Álbums de estúdio
  • 1994 Peep This
  • 2005 Unpredictable
Colaborações especiais Em álbuns de estúdio
  • 2003: MC Lyte, "Where Home Is" (no álbum Da Undaground Heat, Vol. 1)
  • 2004: Twista, "Slow Jamz" (no álbum Kamikaze)
  • 2005: 50 Cent, "Build You Up" (no álbum The Massacre)
  • 2005: Kanye West, "Gold Digger" (no álbum Late Registration)
  • 2005: Twista, "When I Get You Home" (no álbum The Day After)
  • 2005: DTP, "Georgia" (no álbum Disturbing Tha Peace)
  • 2006: T.I., "Live In The Sky" (no álbum King)
  • 2006: LL Cool J, "Best Dress" (no álbum Todd Smith)
  • 2007: Rascal Flatts, "She Goes All the Way" (no álbum Still Feels Good)
Em compilações
  • 2005: "Creepin'" (de So Amazing)



Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%A1gina_principal

Fat Joe


Joseph Antonio Cartagena (19 de agosto de 1971), mais conhecido por Fat Joe ou Joey Crack, é um rapper estadunidense de ascendência Puerto riquenha, Joe está assinado com a Imperial Records. Mas também administra seu próprio rótulo a Terror Squad Entertainment, onde ele é o CEO e principal artista.



Conflito com 50 cent

50 Cent atacou Fat Joe em sua música de 2005 chamada "Piggy Bank", do álbum The Massacre. Por causa da participação de Fat Joe com Ja Rule, 50 falou "that fat nigga thought "Lean Back" was "In Da Club" / my shit sold eleven mil, his shit was a dud." Fat Joe ofereceu dinheiro para quem fosse com uma camiseta falando que 50 cent estava procurado, numa balada. Com dias que "Piggy Bank" tinha saído, uma resposta de Fat Joe apareceu na internet com o refrão da música-tema do desenho animado "Flinstones".

Várias versões de MP3 apareceram com o nome de "Fake Gangsta", "Fuck 50", e simplesmente "Fat Joe 50 Dis Track". Isso acabou quando oficialmente a música foi chamada de "My fo'fo'" (se referindo á uma .44 Magnum), e saiu como Bonus Track no álbum All or Nothing, junto com "Lean Back Remix, com participações de Ma$e, Lil' Jon, Eminem e Remy Ma.

Discografia
Álbuns
  • 1993 - Represent #First Album
  • 1995 - Jealous One's Envy #199 EUA
  • 1998 - Don Cartagena #7 EUA; (Disco de ouro)
  • 2001 - Jealous Ones Still Envy (J.O.S.E.) #21 EUA; (Disco de Platina)
  • 2002 - Loyalty #31 EUA
  • 2005 - All or Nothing #6 EUA
  • 2006 - Me Myself & I #14 EUA (2X platina)
  • 2008 - The Elephant in the Room #6 EUA

Filmografia
  • 1999 - Thicker Than Water2001 - Prison Song
  • 2002 - Empire
  • 2003 - Scary Movie 3 - Todo Mundo em Pânico 3
  • 2006 - Happy Feet - Voz do Seymour

Sucessos

  • 2000 "Feelin' So Good" (Jennifer Lopez featuring Big Pun & Fat Joe) #51 US, #7 UK
  • 2001 "We Thuggin'" (featuring R. Kelly) #15 US
  • 2002 "What's Luv?" (featuring Ashanti and Ja Rule) #2 US, #4 UK
  • 2002 "Crush Tonight" (featuring Ginuwine) #77 US
  • 2002 "Take a look my life" #88 US
  • 2003 "All I Need" (featuring Tony Sunshine & Armageddon) #86 US
  • 2003 "I Want You" (Thalía featuring Fat Joe) #22 US
  • 2004 "Lean Back" (Terror Squad featuring Fat Joe and Remy Ma) #1 US, #24 UK
  • 2004 "New York" (Ja Rule featuring Fat Joe & Jadakiss) #27 US
  • 2005 "Hold You Down" (Jennifer Lopez featuring Fat Joe) #64 US, #6 UK2005 "So Much More" #81 US
  • 2005 "Get It Poppin'" (featuring Nelly) #9 US, #34 UK
  • 2005 "I Don't Care" (Ricky Martin featuring Fat Joe and Amerie) #65 US
  • 2006 "Make it Rain" (featuring Lil' Wayne) #47 US2006 "Breathe & Stop" (featuring The Game)
  • 2006 *"tu amor" (RBD Feat Fat Joe)
  • 2006 "Figthin Over Me"(Paris Hilton featuring Fat Joe e Jadakiss)
  • 2007 "I Won't Tell" (Fat Joe featuring J. Holiday)
  • 2008 "Ain't Say Nothing" (Feat. Plies & Dre)
  • 2008 "Cocababy"
  • 2008 "Make it rain" (Feat. Lil Wayne,DJ Khaled,T.I. e Rick Ross

Seu álbum "Me, Myself & I" vendeu em torno de 60 mil cópias na primeira semana.



Eve


Eve Jihan Jeffers, ou simplesmente Eve, (Filadélfia, 10 de Novembro de 1978) é uma rapper, cantora e atriz americana. Um grande sucesso de Eve, inclusive no Brasil, é a canção "Got What You Need" que gravou com o rapper Drag-On, e que está no álbum Scorpion, lançado em 2001.

História

Biografia


Eve Jihan Jeffers, ou simplesmente Eve, com apenas 25 anos já conquistou um lugar de destaque no cenário do hip-hop internacional. Com sua voz feminina cantando as rimas das suas próprias composições ousadíssimas, construiu um rap criativo e com uma harmonia diferente das interpretadas pelos marmanjos do hip-hop americano. Capaz de destacar uma mulher num mundo dominado somente pelo rap industrial masculino.

Ínicio

A jovem rapper iniciou sua emergente trajetória como integrante de um grupo teen de rap, chamado EDGP (pronuncia-se Egypt; traduzido Egito). Com o fim do grupo, a cantora resolveu partir para carreira solo sob o nome de Eve of Destruction (Eve da Destruição), na qual encontrou muitas dificuldades, foi até dançarina de uma casa de strip-tease como uma curta forma de ganhar alguns trocados. A primeira grande oportunidade apareceu quando, amigos próximos de Eve, apresentaram-na para o conhecido "produtor-guru", Dr. Dre, quem ajudou-a a produzir sua fita demo nos estúdios da Califórnia. Eve começa então, a ter os primeiros contatos com a indústria fonográfica. E após conhecer o rapper DMX, vinculou-se à gravadora Ruff Ryder Records, já se destacando como a primeira artista mulher a assinar com a empresa especializada em hip-hop.

O ano de 2002, marca e afirma o rosto de Eve na mídia, principalmente depois de estrelar dois filmes como atriz: Triplo X, com Vin Diesel e Barbershop, em qual concorreu como atriz revelação no MTV Movie Awards 2003, e o lançamento do terceiro álbum, Eve-Olution, como o próprio nome diz, um trabalho mais completo e evoluído que expõe toda a sinceridade e feminilidade dessa cantora que a cada ano, demostra seu amadurecimento com todas as experiências vividas no passado se refletindo, agora, em sucesso.

Em 2007, Eve, foi presa após se envolver em um acidente de carro, foi libertada após o pagamento de fiança. A cantora participa do novo álbum da ex-Destiny's Child, Kelly Rowland, chamado Miss Kelly, que chegou às lojas no dia 7 de julho. A cantora também prepara o lançamento do seu quarto álbum de estúdio, intitulado Here I Am, que deve ser lançado em 2008.


Discografia

Álbuns de estúdio

  • 1999 - Let There Be Eve...Ruff Ryders' First Lady
  • 2001 - Scorpion
  • 2002 - Eve-Olution
  • 2008 - Here I Am

Videoclipes
  • 1999 - "Love Is Blind"
  • 2001 - "Who's That Girl"
  • 2001 - "Let Me Blow Ya Mind"
  • 2002 - "Gangsta Lovin'"
  • 2002 - "Satisfaction"
  • 2007 - "Tambourine"
  • 2007 - "Give It To You" (feat. Sean Paul)



Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Wikip%C3%A9dia:P%C3%A1gina_principal

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Eminem

Eminem, nome artístico de Marshall Bruce Mathers III, (St. Joseph, 17 de outubro de 1972) é um rapper, produtor e ator dos Estados Unidos. Também é conhecido como Slim Shady, já conquistou vários prêmios Grammy Award, nove prêmios MTV, no Europe Music Awards realizado em Roma, Itália. Eminem foi descoberto pelo rapper e produtor Dr. Dre, que mais tarde Eminem assinou com a sua gravadora, Aftermath Entertainment. Ele já vendeu mais de 75 milhões de álbuns em todo o mundo, e é um dos maiores artistas de rap em vendas de todos os tempos. Eminem além de rapper, foi o ator principal no filme 8 Mile, que é uma semibiografia do rapper. O filme também ganhou um Óscar por melhor canção em 2003.
Cronologia biográfica

1972: Nasce Marshall Bruce Mathers III, o Eminem. Quando era pequeno, estava sempre a ser agredido por sua mãe, que era dependente de drogas, a canção "Cleaning Out My Closet" é um referência a isso e ao quanto Eminem a odiava. Um dia, D'Angelo Baily jogou uma bola de neve com algo pesado no meio que atingiu a cabeça de Eminem. Teve uma hemorragia cerebral e ficou dez dias em coma. Ele até fez uma canção sobre isso, Brain Damage.


1983: Ronnie, seu tio que tinha a mesma idade que ele, deu-lhe um cópia da fita Ice T, Reckless. Foi a partir daí que Eminem percebeu que queria ser rapper.

1988: Eminem e Kimberly começaram a namorar, tinha ela treze anos.

1989: Com dezessete anos Eminem largou a escola e conheceu Proof, e os dois participavam de concursos de rap que eram realizados no Hip Hop Shop, em Detroit. "Assim que eu pegava no microfone ouvia vaias. Mas, depois que as pessoas ouviam minhas músicas, o pessoal ficava quieto". Lembra Eminem sobre aquela época.

1990: Eminem leva um tiro de uma gangue de seu bairro.

1993: Morre seu tio Ronnie, tinha cometido suicídio, com um tiro na cabeça. Foi um grande choque para Eminem, pois só passado cinco anos é que Eminem voltou a falar sobre o assunto.


1995: Em 25 de dezembro nasce Hailie Jade Scott, a filha de Eminem e Kimberly. Além dessa ter sido a grande felicidade dos dois, foi o que manteve o casal junto por um bom tempo. Eminem quer que a sua filha seja atriz.

1996: Eminem começa a trabalhar num restaurante chamado "Gilbert's Logde", em St. Clair Shores, durante três anos. Nesse mesmo ano Eminem lança o álbum Infinite, que vende quase mil cópias. Mas antes de lançar seu primeiro álbum, por uma gravadora local, Eminem junto com Proof e outros quatro rappers, formaram o grupo Dirty Dozen (D12). Eminem lançou seu primeiro álbum em 1996. Desesperado para ser aceito no hip hop, Eminem montou o álbum no estilo de Nas e AZ. "Infinite foi eu tentando descobrir o meu estilo, como eu queria ser," ele lembra. "Foi um crescimento. Infinite foi como uma demo". Na opinião de Eminem, Infinite não foi um bom álbum: "Isso foi um pouco antes de minha filha nascer, e dar um futuro a ela era tudo que eu pensava. Era muito pesado, por exemplo Nas ou AZ, aquele tipo de rap era moda na época. E eu sempre fui um pouco comediante, é esse o porque não era um bom álbum".

1997: Eminem participa no Scribble Jam e fica em segundo lugar, perdendo para o rapper Juice. Apresenta-se no Rap Olympics em Los Angeles e mais um vez fica em segundo lugar, perdendo para o mesmo rapper, Juice. Dr. Dre depois de ouvir Eminem assina um contrato na sua gravadora Aftermath.

1998: Eminem lança The Slim Shady EP que foi como um demo antes do seu primeiro álbum comercial. De seguida Eminem começa a fazer The Slim Shady LP, o seu primeiro álbum numa grande gravadora. O primeiro single desse disco foi "Just Don't Give a Fuck".

1999: The Slim Shady LP lançado no dia 23 de fevereiro, nos Estados Unidos, o sucesso começa a aparecer e Eminem recebe vários prémios, The Slim Shady LP fica em terceiro lugar da Billboard por várias semanas. Com o sucesso do primeiro álbum, Eminem começa a trabalhar no seu segundo disco. Dia 14 de junho Eminem casa-se com Kimberly. Em setembro a mãe de Eminem, lança um processo, de 10 milhões de doláres, contra Eminem, por difamação.

2000: The Marshall Mathers LP lançado no dia 23 de maio, nos Estados Unidos. Eminem começou a fazer sucesso no Brasil, com o primeiro single do álbum "The Real Slim Shady". No mês de julho Kimberly tentou suicídio, cortando seus pulsos. Mas apesar de tudo conseguiu recuperar. Um mês depois Eminem e Kimberly terminam. E nesse mesmo ano voltaram, mas por poucos meses.

2001: Em 1 de março Eminem e Kimberly divorciam-se. Devil's Night, do seu grupo D12, é lançado no dia 19 de junho, nos EUA. Dia 18 de outubro começam as filmagens para o primeiro filme do rapper, chamado 8 Mile.

2002: No dia 26 de maio saiu o seu mais esperado álbum The Eminem Show, nos Estados Unidos. O álbum sairia no dia 4 de junho, mas foi antecipado porque o álbum vazou na internet, muito antes do lançamento.

2003: Ganha quatro troféus no AMA, lança a sua grife de roupa Shady Limited, ganha dois Grammy, dois prêmios no Brit Awards, Óscar de melhor canção, mas não vai à festa, prêmio de melhor ator e melhor ator revelação em "8 Mile" no MTV Movie Awards 2003. Produz para 2Pac na trilha sonora de "Tupac: Resurrection".

2004: O novo álbum do D12, D12 World, chega às lojas no dia 27 de abril. Apresenta Hip Hop Summit 2004 no Fox Theater em Detroit. Move um processo contra a Apple, pois eles usaram um menino de dez anos cantando a música "Lose Yourself" numa propaganda na MTV. O D12 apresenta no Movie Awards 2004 e Eminem mostra o seu traseiro no evento, onde tem a cena censurada. Eminem, Interscope e Sirius, lançam uma rádio hip hop sem censuras, no dia 28 de outubro, chamado "Shade 45". Nesse mesmo dia teve o evento do Shady National Convention. Dia 12 de novembro é lançado o quarto álbum solo de Eminem, Encore, que teve o seu lançamento antecipado devido a pirataria na internet.

2005: No dia 6 de dezembro lança o álbum Curtain Call: The Hits, que contém alguns dos grandes hits de sua carreira. Álem da música "Stan" (ao vivo) que gravou com Elton John, e a mesma "Stan" com a cantora Dido quando a canção "Thank You" da mesma foi "sampleada" pelo rapper Eminem, que mais tarde veio a se tornar um sucesso em todo o planeta.

2006: É lançado oficialmente nos Estados Unidos o novo álbum da Shady Records, Eminem Presents the Re-Up, produzido pelo Eminem. O álbum traz músicas de Obie Trice, Bizarre, Kuniva, Proof, Swifty, Eminem, Mr. Porter (mais conhecido como Kon Artis), Stat Quo e os novos membros da Shady Records, Bobby Creekwater e Ca$his. O álbum era para ter sido um mixtape sendo lançado com edições limitadas, mas Eminem gostou tanto do projeto que decidiu expandir e torná-lo um álbum oficial.

2009: Foi anunciado a data de lançamento do sexto álbum de estúdio do cantor, intitulado Relapse, que aconteceu no dia 15 de maio, sendo que o primeiro single do mesmo foi lançado em 7 de abril do mesmo ano. O álbum contém vários temas, entre eles "Crack a Bottle", "3AM", "Old Times Sake" e também "We Made You" como temas principais. Ganhou prêmio "Melhor Clipe de Hip Hop" por "We Made You" no VMA 09 NYC.

Discografia
  • 1999: The Slim Shady LP
  • 2000: The Marshall Mathers LP
  • 2002: The Eminem Show
  • 2002: 8 Mile
  • 2004: Encore
  • 2005: Curtain Call: The Hits
  • 2006: Eminem Presents the Re-Up
  • 2009: Relapse
  • 2009: Relapse 2

Filmografia

  • 2000: Da Hip Hop Witch, ele mesmo
  • 2001: The Wash, Chris
  • 2002: 8 Mile, Jimmy "B. Rabbit" Smith Jr.
  • 2009: Funny People, ele mesmo

Grammy Awards

2000
  • Melhor Performance de Rap Solo: "My Name Is"
  • Melhor Álbum de Rap: The Slim Shady LP
2001
  • Melhor Performance de Rap Solo: "The Real Slim Shady"
  • Melhor Performance de Rap por um Duo ou Grupo: "Forgot About Dre" (com Dr. Dre)
  • Melhor Álbum de Rap: The Marshall Mathers LP
2003
  • Best Short Form Music Video: "Without Me" (dirigido por Joseph Kahn)
  • Melhor Álbum de Rap: The Eminem Show
2004
  • Melhor Performance Masculino de Rap Solo: "Lose Yourself"
  • Melhor Canção de Rap: "Lose Yourself"


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Missy Elliott

Melissa Arnette Elliott, mais conhecida como Missy Elliott, (Portsmouth, 1 de julho de 1971) é uma rapper, MC, compositora e produtora musical de Portsmouth, Virgínia. Elliott era originalmente conhecida como Missy "Misdemeanor" Elliott e por vezes com somente um "t". Abandonou o "Misdemeanor" de seu nome artístico em 2003, sendo atualmente conhecida apenas por "Missy Elliott". Com vendas ultrapassando 24 milhões, Missy é atualmente a rapper feminina melhor sucedida de todos os tempos. Elliott é conhecida por uma série de hits como "The Rain (Supa Dupa Fly)", "Hit 'Em Wit Da Hee", "Get Ur Freak On", "One Minute Man", "Work It" e "Lose Control". Recebeu reconhecimento como uma das mais bem sucedidas compositoras na música moderna, tento alçado hits para artistas como Melanie B, Fantasia, Aaliyah, 702, Nelly Furtado, Ciara, Nicole Wray e Tweet, frequentemente com a produção compartilhada pelo colega de infância Timbaland. Ela foi a quarta rapper a receber disco de platina pela RIAA, atrás de Lil' Kim, Foxy Brown e Da Brat; e é a única rapper a ter recebido seis álbuns de platina.
História

Primeiros anos de carreira


No final da década de 1980, Missy Elliott, LaShawn Shellman, Chonita Coleman e Radiah Scott formaram o grupo de R&B "Sista", em que Elliott era vocalista e compositora. Ela recrutou o amigo de infância/vizinhança Timothy Mosley como produtor da banda e começaram a gravar faixas demo. Em 1991, o Sista chamou atenção do produtor do Jodeci, DeVante Swing, por apresentar canções do grupo a cappella para ele nos camarins após um concerto de seu grupo. O Sista mudou-se para Nova Iorque e assinou com a Elektra Records através do selo de DeVante, Swing Mob. Elliott levou Mosley (que DeVante chamou Timbaland, nome artístico dele até hoje) e seu amido Melvin "Magoo" Barcliff. Enquanto Elliot (na época creditada como Melissa Elliot) escreveu letras o primeiro compacto do álbum de estréia de Raven-Symoné, "That's What Little Girls are Made of", ela também contribuiu nas letras dos dois últimos álbuns do Jodeci: Diary of a Mad Band (1993) e The Show, The After Party, The Hotel (1995). Timbaland e DeVante produziram um LP do Sista, 4 All the Sistas Around the World, completado em 1994. Apesar do lançamento de videoclipes para versões original e remixada do compacto "Brand New", o álbum nunca foi lançado. Em 1995 a Swing Mob terminou e seus membros dispersaram; Elliott, Timbaland, Magoo, Ginuwine e Playa permaneceram juntos e colaboraram com os trabalhos dos outros pelo resto da década.

Discografia
  • Álbuns de estúdio
  • Supa Dupa Fly (1997)
  • Da Real World (1999)
  • Miss E ...So Addictive (2001)
  • Under Construction (2002)
  • This Is Not a Test! (2003)
  • The Cookbook (2005)
  • Respect M.E. (2006)
  • Block Party (2008)

Dr. Dre


André Romell Young (18 de Fevereiro de 1965 em Los Angeles, Califórnia), é mais conhecido como Dr. Dre, é um produtor de rap estadunidense. Surgiu na cena musical no fim da década de 1980 é um dos mais conhecidos de entre os produtores de rap da atualidade.


História

Começou sua carreira na música como DJ em um clube de Los Angeles chamado Eve After Dark. O responsável por esse clube, conhecido como Lonzo, contratou Dr. Dre e outro DJ do local, Yella, juntamente com o Cli-N-Tel (um amigo do colégio de Andre) para formar o grupo World Class Wreckin' Cru. A produção acontecia nos fundos do clube, onde havia um mini-estúdio de 4 canais onde foram gravadas as primeiras músicas do grupo. Eles entraram no top40 R&B de sucessos com o single Turn Off The Lights.

Logo, o World Class Wreckin Cru deixou de ser uma prioridade para Dr. Dre e Yella quando eles formaram, afiliado ao selo de gravadora Ruthless Records fundado por Eazy E com dinheiro obtido pela venda de drogas, o grupo N.W.A (abreviação de Niggaz With Attitude que significa Negros de Atitude cujos membros são Dr. Dre, DJ Yella, MC Ren, Ice Cube e o próprio Eazy E). Suas músicas viraram hinos das ruas (embora grupo não tenha tido apoio da mídia nem da MTV) e seus membros viraram os mais notórios representantes do que viria a ser batizado de gangsta rap: um gênero musical do hiphop com letras de hedonismo e violência. Seus protagonistas justificavam o estilo chocante das músicas dizendo que eles apenas estavam "contando como a coisa é". O Grupo N.W.A lançou 3 álbuns (nessa ordem): N.W.A And The Posse, Straigh Outta Compton e Efil4Zaggin (Niggaz4Life ao contrário), todos produzidos pelo Dr. Dre e DJ Yella. Durante seu tempo na Ruthless, Dr. Dre também produziu o álbum do grupo "Above The Law" e do rapper The D.O.C.


Dentro do N.W.A. houve desentendimentos entre os membros. Ice Cube havia deixado o grupo após o segundo álbum e o Dr. Dre após o 3o em 1991 - foi o fim do N.W.A.


Após isso, Dr. Dre fundou, juntamente com Marion Suge Knight, ou Suge Knight, o selo de gravadora Death Row Records e o primeiro CD lançado por ela foi do próprio Dre, chamado The Chronic. Os singles desse CD foram "Fuck Wit Dre Day", "Let Me Ride", "Nuttin' But A ‘G’ Thang" (esse, em destaque, já foi eleito o melhor single da década de 90 e é considerado o melhor single de rap de todos os tempos) e "Lil’ Ghetto Boy". Depois, Dr. Dre também produziu o álbum de Snoop Dogg chamado Doggystyle, mixou o álbum do Dogg Pound e contribuiu com algumas faixas para outros artistas, inclusive o viciante single de Tupac chamado California Love (junto de Roger Troutman).


Anos depois, começou a haver desentendimentos entre os dois fundadores. Dr. Dre achava que estava ganhando pouco por ser o produtor criador dos grandes sucessos que impulsionavam as vendas de discos e, descontente com a maneira como Suge Knight controlava a Death Row, ele sai de lá declarando que "o gangsta rap estava morto". Por esse motivo e outros, como Tupac, um dois mais conhecidos artistas, havia morrido e Suge vai para prisão, a Death Row decai. Pouco tempo depois, Dre funda a Aftermath Entertainment existente até hoje. De lá vieram grandes nomes do Hip Hop americano como Eminem e 50 Cent.


Pela Aftermath Entertainment foi lançada a seqüência do The Chronic chamada 2001 (ou Chronic 2001 como é chamado pelos fãs). Hoje, Dr. Dre, conhecido como um dos melhores "criadores de sucessos" do mundo da música, e considerado o melhor produtor de rap, está prestes a lançar seu próximo CD, o terceiro e possivelmente último, chamado Detox, que contará com a presença dos rappers Eminem e 50 Cent, entre outros.

Discografia

Álbuns Solo
  • 1992 - The Chronic
  • 1999 -2001
  • 2009 - Detox
Com o N.W.A.
  • 1987 - N.W.A. and the Posse
  • 1989 - Straight Outta Compton
  • 1990 - 100 Miles and Runnin'
  • 1991 - Efil4zaggin
Filmografia

  • 1996- Set It Off
  • 2000 -Up In Smoke Tour
  • 2001- Training Day
  • 2001- The Wash


Snoop Dogg

Snoop Dogg (nome artístico de Cordozar Calvin Broadus, Jr.; Long Beach, 20 de outubro de 1972), é um rapper e ator americano. Ganhou o apelido de "Snoopy" de sua mãe e adotou o nome artístico de Snoop Doggy Dogg quando começou a gravar.






Biografia e carreira

Nascido em Long Beach, na Califórnia, Snoop Dogg entrou no mundo do rap como um orgulhoso representante da costa oeste dos Estados Unidos. Em 1992, quando ele surgiu, a costa oeste era conhecida por rappers como Tupac, Eazy-E, Dr. Dre, Ice Cube e Ice T, artistas inteligentes e da linha gangsta rap, que pintavam um retrato realista e perturbador da vida.

Snoop Dogg começou a carreira como membro do grupo 213, que também incluía Warren G e Nate Dogg, conhecidos mais pelas suas carreiras solo do que pelo grupo. Os fãs de hip-hop ouviram o estilo malandro de Snoop Dogg pela primeira vez com o filme de Dr. Dre, Deep Cover. Depois, ele apareceu no disco clássico de Dre, The Chronic, em que interpreta o sucesso "Nuthin' But a G Thang", uma das muitas colaborações que reuniu os dois rappers ao longo dos anos.

Dogg era muito amigo de Tupac Shakur, e chegou a compor músicas com ele quando ainda gravava pela Death Row Records. É notória também a sua amizade com o grande rapper-produtor Dr. Dre, que o lançou no mainstream do rap em sua primeira aparição no videoclipes de "Nuthin' But A G Thang", do álbum The Chronic, de Dre, em 1992.

Seu primeiro lançamento, foi o álbum Doggystyle, lançado pelo célebre selo do hip-hop, Death Row, do magnata Suge Knight. Lançado em 1993, tornou-se o primeiro disco de estréia de um artista a chegar ao número um da parada geral da Billboard e recebeu encomendas antecipadas de 1,5 milhão de unidades. Doggystyle já vendeu mais de sete milhões de unidades em todo o mundo e é considerado como um dos maiores álbuns de hip hop da história. O segundo álbum, e que já não contou com Dr. Dre na produção, saiu em 1996, e intitulava-se Tha Doggfather, que também estreou na primeira posição na Billboard.

Logo depois fechou contrato com a No Limit Records, de Master P, onde gravou The Game Is to Be Sold, Not to Be Told (1998), No Limit Top Dogg (1999) e Tha Last Meal (2000). Em 2002 o rapper passou para a Priority/Capitol e lançou Paid Tha Cost to Be Da Bo$$, que teve como maior êxito o tema "Beautiful", cujo videoclipe foi filmado em locações no Brasil (no Rio de Janeiro), e que contou com a participação de Pharrell Williams, dos The Neptunes. Fundou seu próprio selo, Doggystyle Records, distribuído pela MCA, e uma grife de roupas, a Snoop Dogg Clothing.

Em 2004 lançou o seu trabalho R&G (Rhythm & Gangsta): The Masterpiece, do qual já se extraíram os singles "Drop It Like It's Hot", "Let's Get Blown", ambos com a participação de Pharrell Williams, e ainda mais "Signs" que conta com a colaboração de Justin Timberlake e Charlie Wilson. No ano de 2006 lançou novo álbum, Tha Blue Carpet Treatment, onde contou com participações de R. Kelly, B-Real, E-40, The Game, Akon, entre outros. Tha Blue Carpet Treatment teve singles como "That's That's" (com R. Kelly), "Vato" (com B-Real), "Drippin' Like Water" (com E-40, Daz, Mc Eith, Goldie Loc e Kurupt, e o mais recente "Boss Life" com Akon na versão do disco e na versão do videoclipe Nate Dogg.

Seu lado cômico lhe proporcionou uma série de papéis em filmes como Baby Boy, de John Singleton, Dia de Treinamento, com Denzel Washington, Confusões no Lava Jato (que também conta com participação de Dr. Dre), e o filme de terror Bones, entre outros. Em 18 de maio e outubro de 2001, Snoop Dogg foi multado e preso por porte de maconha.

Em 2008 lançou o álbum Ego Trippin'.

Discografia

  • 1993 - Doggystyle
  • 1996 - Tha Doggfather
  • 1998 - Da Game Is to Be Sold, Not to Be Told
  • 1999 - No Limit Top Dogg
  • 2000 - Tha Last Meal
  • 2002 - Paid tha Cost to Be da Bo$$
  • 2004 - R&G (Rhythm & Gangsta): The Masterpiece
  • 2006 - Tha Blue Carpet Treatment
  • 2008 - Ego Trippin'
  • 2009 - Malice in Wonderland

Filmografia

  • 1998 - Prá lá de Bagdá - Scavenger Smoker
  • 1998 - Jogo Bruto - Kool Kitty Kat
  • 1998 - Ride - Mente
  • 1998 - Documentry of Shawn - Brian
  • 1999 - Garotos Brancos (camafeu) (também com a música "Whiteboys")
  • 2001 - Parceiros no Crime
  • 2001 - Baby Boy - O Dono da Rua - Rodney (Ouro)
  • 2001 - Dia de Treinamento - Blue
  • 2001 - Bones - O Anjo das Trevas - Jimmy Bones
  • 2001 - Confusões no Lava-Jato - Dee Loc (também produtor executivo)
  • 2003 - Dias Incriveis - ele mesmo (camafeu)
  • 2003 - Pauly Shore Está Morto
  • 2003 - O Mais Procurado (voz)
  • 2004 - Justiça em Dobro - Huggy Bear
  • 2004 - Uma Festa no Ar - Antonio Mack
  • 2005 - The L.A. Riot Spectacular (narrador)
  • 2005 - Boss'n Up - Cordé Christopher
  • 2006 - O Inquilino - Willie Spermint
  • 2006 - Welcome to Hood of Horror - Caçador do Inferno/Devon/Narrador (também produtor executivo)
  • 2009 - Brüno



sexta-feira, 28 de agosto de 2009

DMX


DMX, nome artístico de Earl Simmons (18 de dezembro de 1970 em Baltimore, Maryland), é um rapper americano, surgiu depois da morte dos grandes rappers 2Pac e The Notorious B.I.G., tendo como responsabilidade substituí-los à altura como foi o que fez.

História

DMX começou a construir a carreira dele com um aparecimento nas mixtapes do DJ Clue. Em 1997, ele foi convidado a cantar em "4 , 3, 2, 1. " do LL Cool J. Mais adiante foi convidado a cantar em "24 Hours to Live" de Mase e Yonkers, MCs da mesma categoria o LOX em "Money, Power & Respect criou um respeito até mais forte. DMX estreou em 1998 com o álbum It's Dark and Hell Is Hot]] com o single "Get at me Dog". Logo em seguida estourou a bomba "Ruff Ryders Anthem" produzida pelo seu amigo e produtor Swizz Beatz, que tocou em todas as rádios. Para este álbum destacamos ainda "How's it Going Down" com a viúva de The Notorious B.I.G., Faith Evans e "Stop Being Greedy". Este álbum foi lançado em 1ª lugar na Billboard. Em seguida, no final do mesmo ano DMX lança "Flesh of my Flesh, Blood of my Blood". Destaque neste CD para as músicas "Slippin" que é a auto biografia dele e "No Love 4 Me" com a participação de Swizz Beatz e ainda a polêmica "The Omen" com Marilyn Manson. Destacando esta fase da vida do DMX, ele é o único músico do mundo que gravou dois álbuns no mesmo ano que largaram em #1 na Billboard. Um feito que ainda não foi alcançado por ninguém. Em trabalhos paralelos, DMX lança o CD Ruff Ryders Ride or Die com grandes nomes como Jay-Z, com o grande sucesso "Jigga My Nigga", D-Block (Que eram da Bad Boy mas após brigas e discussões sobre direitos autorais saíram da Bad Boy), Eve (a primeira dama da Ruff Ryders), Drag-On (A.K.A " Fireman" o garoto prodígio da Ruff Ryders) entre outros. No álbum "And Then There Was X" que era a sequencia do sucesso do DMX. Com o single "What's My Name" estourando nas rádios, foi fácil emplacar outros sucessos deste cd como "Party Up" (Up in Here), "One More Road to Cross" e "What these Bitches Want" com a participação de Dru Hill. Particularmente destaco neste CD a música "More 2 a Song" que retrata a música que ele faz, com alma e com perseverança. Logo após este CD, DMX foi preso por dirigir sem permissão. Neste momento de sua vida que ele lançou o CD "The Great Depression" onde músicas mais profundas e a morte de sua avó que o criou o fizeram mais introspectivo. Destaque neste CD para "Who We Be", "He Right Here", "Damian III" e a música dedicada a sua avó "Miss You". Em 2003 ele anunciou que estava saindo do jogo do Rap. Lançou seu último CD intitulado "Grand Champ" com grandes bombas como "X Gonna Ggive It 2 Ya", "Where the Hood At", "Ayo Kato" entre outras. DMX com esses 5 álbuns conseguiu um feito impressionante. Todos esses álbuns estrearam em #1 na Billboard, o que diferencia o DMX dos outros rappers. Mas após anunciar sua saída e vários problemas pessoais, ele anunciou sua volta, mas com menos sucesso que o esperado. O álbum "Here We Go Again" ficou muito abaixo da expectativa. Com o Auxílio de seus amigos, ele lança o novo CD "Year of The Dog, Again". DMX vem se envolvendo em seguidas prisões devido a digirir sem licença e envolvimento com drogas. Mas após esses acontecimentos ele se entregou à religião voltando às suas origens.

Discografia

Álbuns de estúdio
  • 1998 - It's Dark and Hell Is Hot
  • 1998 - Flesh of My Flesh, Blood of My Blood
  • 1998 - ...And Then There Was X
  • 2001 - The Great Depression
  • 2003 - Grand Champ
  • 2006 - Year of the Dog...Again
  • 2008 - Walk with Me Now and You'll Fly with Me Later
Greatest Hits
  • 2007 - The Definition of X: The Pick of the Litter
Com Ruff Ryders
  • 1999 - Ryde or Die Vol. 1
  • 2000 - Ryde or Die Vol. 2
  • 2001 - Ryde or Die Vol. 3
  • 2005 - The Redemption Vol. 4


Ice Cube


Ice Cube, cujo verdadeiro nome é O'shea Jackson (nasceu em 15 de junho de 1969 em Los Angeles, Califórnia), é um dos grandes ícones do rap, além de ator, diretor e produtor musical. Integrante do lendário grupo N.W.A, da gravadora Ruthless Records fundada por Eazy E, e fez inúmeros filmes dentre eles a comédia "Friday" e "XXX2".





Antes da Fama


Ice Cube começou na cena do gangsta rap em Los Angeles no grupo C.I.A. em 1986, mas teve muito pouco conhecimento, até que lançou o álbum chamado My Posse, e mesmo na cena underground continuou sem reconhecimento.


No N.W.A


Através de seu primo, Ice Cube conheceu Dr. Dre (hoje o maior produtor do hip-hop), foi aí que começaram a fazer mixtapes e cantarem em clubes noturnos, algum tempo depois conheceram Eazy E e MC Ren para formar o N.W.A., aí descobriu um lado produtor do Ice Cube, ele produziu Boyz N The Hood, Dopeman e 8-Ball para os CDs do Eazy-E e do N.W.A., ele também mostrou seu lado violento fazendo a música "Fuck The Police" onde receberam uma carta do FBI para moderar na linguagem Em 1989 Ice Cube e Jerry Heller (o empresário do N.W.A) tiveram uma péssima relação, fazendo-o sair do N.W.A. e logo em seguida fazer uma música para o grupo onde acusava o empresário de roubar todo o dinheiro do grupo. Mas, hoje em dia ele e os membros estão em paz, ele já até fez tributos para Eazy-E falando estar muito triste com uma grande perda.

Carreira Solo (musical)

Na Carreira solo o 1º álbum foi Amerikkka's Most Wanted, um clássico do Gangsta Rap, o álbum foi praticamente inteiro perfeito, feito em parceria com Chuck D (membro do Public Enemy). Ice Cube lançou Death Certificate que abordava vários temas como um negro jovem sobrevivendo no gueto, drogas, violência, repressão do estado, brutalidade da polícia, entre outros. Logo após lançou The Predator onde ganhou platina em apenas 4 dias de lançamento, isso transformou Ice Cube como um dos maiores vendedores do gangsta rap. 4 anos depois lançou Lethal Injection, o álbum não fez tanto sucesso quanto os anteriores, ele falou que o rap dele tinha acabado e que aquela era a era do G-Funk.

Filmes

Ice Cube teve uma fantástica performance no filme Boyz N The Hood com Cuba Gooding Jr. e Laurence Fishburne, isso despertou interesse de diretores para fazer outros filmes de sucesso como Friday, 3 Reis, Anaconda, Furia em Duas Rodas e Triplo X 2: Estado de Emergência. Quando perguntaram-lhe se gostava mais de filmes ou de rap, ele respondeu que quando aparece uma oportunidade as pessoas devem pegá-la. O sucesso de seus filmes foi tão grande que ele até lançou 1 CD com as melhores músicas de seus filmes.

Westside Connection

Ice Cube estava chateado de fazer rap solo e resolver formar um novo grupo, chamou seus melhores amigos Mack 10 e WC para formar o novo grupo de rap, realmente fez sucesso, o álbum de estréia do grupo Bow Down vendeu cerca de 1.700.000 conseguindo platina, o segundo (Terrorist Threats) não teve tanta sorte e vendeu 679.000 cópias conseguindo certificado de ouro.

Álbuns de estúdio

1990
  • AmeriKKKa's Most Wanted
Released: May 16, 1990 Label: Priority Format: CD, CS, LP

1991
  • Death Certificate
Released: October 31, 1991 Label: Priority Format: CD, CS, LP

1992
  • The Predator
Released: November 17, 1992
Label: Priority
Format: CD, CS, LP

1993
  • Lethal Injection
Released: December 7, 1993
Label: Priority
Format: CD, CS, LP

1998
  • War & Peace - Volume 1 (The War Disc)
Released: November 17, 1998
Label: Priority
Format: CD, CS, LP

2000
  • War & Peace - Volume 2 (The Peace Disc)
Released: March 21, 2000
Label: Priority
Format: CD, CS, LP

2006
  • Laugh Now, Cry Later
Released: June 6, 2006
Label: Lench Mob
Format: CD

2008
  • Raw Footage
Released: August 19, 2008
Label: Lench Mob
Format: CD

Compilações

1994
  • Bootlegs & B-Sides
Lançamento: 22 de Novembro de 1994
Selo: Priority
Certificação RIAA: Ouro

1997
  • Featuring... Ice Cube
Lançamento: 1997
Selo: Priority


2001
  • Greatest Hits
Lançamento: 4 de Dezembro de 2001
Selo: Priority

2007
  • In the Movies
Lançamento: 2007
Selo: Priority






































































































quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Chamillionaire

Chamillionaire, nome artístico de Hakeem Seriki, (28 de novembro de 1979 em Washington, D.C.) é um rapper americano que recebeu o apelido de "Mixtape Messiah", por ter vendido mais de cem mil cópias do álbum Get Ya Mind Correct, de forma totalmente independente, além de ter vendido milhares de mixtapes. Em 2007, ele ganhou um Grammy Award de Melhor Performance de Rap por um Duo ou Grupo com o seu single número um "Ridin'", que ficou na primeira posição nas tabelas nos Estados Unidos por duas semanas em 2006.

Trajetória e carreira

Nascido em Washington, D.C., mas criado em Houston, Texas, tal como Mike Jones, Paul Wall e Slim Thug, Chamillionaire apresenta um estilo bem diferente destes. "Chamillionaire" é uma palavra-valise de "chameleon" e "millionaire"(camaleão e milionário, em português). Foi cantando juntamente com Paul Wall, que conseguiu o seu primeiro contrato com uma editora, a Swishahouse.

Chamillionaire, bem como Paul Wall, conseguiram obter uma grande popularidade a nível local pelos temas que tinham em mixtapes da gravadora. Posto isto, e vendo que não eram pagos de acordo com o reconhecimento e vendas que proporcionavam à Swishahouse, decidem abandonar a gravadora de Michael "5000" Watts, seguindo, assim, o exemplo de Slim Thug. Ambos passaram ainda pela Paid in Full Records enquanto membros do grupo The Color Changin' Click, chegando mesmo a editar um álbum, Get Ya Mind Correct. O trabalho teve, mais uma vez, grande impacto a nível local e grande aclamação das ruas vendendo mais de 150 mil cópias. Contudo, é também a partir daqui que se acentuam e tornam intransponíveis as divergências artísticas entre Chamillionaire e Wall. Resultado; cada um seguiu o seu caminho. Lança-se então por conta própria, criou a Chamillitary Entertainment, no circuito das mixtapes, onde foi particularmente ativo. Foi responsável por cerca de sete mixtapes no ano de lançamento do seu primeiro álbum a solo. Uma das suas mixtapes mais bem sucedidas e famosa é Mixtape Messiah, editada em 2004 e composta por três CDs e cerca de 67 faixas. Mixtape Messiah fazia história tornando-se a mais longa mixtape de todos os tempos feita em Houston. O primeiro CD, é quase inteiramente, dedicado a Mike Jones e ao beef existente entre os dois MCs. Nela participam, T.I., Kanye West, Stat Quo, Bun B, Lil' Flip e Slim Thug. Nota também para a participação de Rasaq, irmão mais novo de Chamillionaire, num grande número de temas. Foi assim, com grande atividade a nível de mixtapes, com um enorme zumbido e com nome construído no sul que foi lançado em 2005, pela Universal Records, The Sound of Revenge.

2005–2006: The Sound of Revenge

Com seu álbum The Sound of Revenge que saiu pela Chamillitary Entertainment e Universal Records em novembro de 2006, Chamillionaire se posicionou entre a elite do hip hop de Houston, incluindo a nova geração de rimadores como Lil' Flip, Slim Thug, Mike Jones e Paul Wall, além dos veteranos UGK e Scarface. Chamillionaire contou com a colaboração de vários rappers em seu álbum de estréia, incluindo Lil' Flip, Bun B, Scarface e Krayzie Bone, além dos produtores Scott Storch, Mannie Fresh e Cool & Dre. No entanto, foi seu trabalho com os reis beats de Atlanta, The Beat Bullies (Big Boi/OutKast), que deram o tom certo a The Sound of Revenge. "Eles me entenderam", diz Chamillionaire sobre os produtores. Apesar de ter sucedido os álbuns de Mike Jones, Slim Thug e Paul Wall, The Sound of Revenge conseguiu bastante popularidade fora do sul, e recebeu boa cobertura da gravadora. Com uma sucessão de mixtapes, Chamillionaire se tornou famoso por sua voz profunda e versátil, além de sua habilidade lírica. O primeiro single do álbum foi "Turn It Up", com participação de Lil' Flip e produzido por Scott Storch, seguido por "Ridin'", com a participação de Krayzie Bone do Bone Thugs-n-Harmony produzido por Play-N-Skillz; "Ridin'" chegou na primeira posição na parada musical Billboard Hot 100.Seu vídeo venceu o MTV Video Music Awards em 2006 na categoria "Melhor Vídeo de Rap".O terceiro single do álbum foi "Grown and Sexy".E muito graças a "Ridin'", com Krayzie Bone, este álbum de estréia a solo do MC de Houston atingiu a platina. De resto, o tema tem sido protagonista de diversos remixes, tendo já versões para costas leste e oeste, com MCs das respectivas zonas. Alegadamente, e segundo declarações do próprio Chamillionaire, os problemas com Paul Wall já estavam resolvidos. Ainda em 2006, Chamillionaire foi destaque nos singles "Get Up", de Ciara, "That Girl" de Frankie J, "Bet That" de Trick Daddy, "King Kong" de Jibbs, e "Doe Boy Fresh" de Three Six Mafia em 2007.

2007–2008: Ultimate Victory

Para promover seu novo álbum, Chamillionaire liberada Mixtape Messiah 3 como prelúdio para o seu novo disco em 18 de julho de 2007. O rapper lançou Ultimate Victory, seu segundo álbum de estúdio, em 18 de setembro de 2007. O álbum inclui participações de UGK, Krayzie Bone, Lil Wayne, Famous, Tony Henry, Devin the Dude e Lloyd. O primeiro single do álbum foi "Hip Hop Police", com participação de Slick Rick, com isto, Chamillionaire e Slick Rick fizeram uma participação no programa The Late Show with David Letterman da rede de televisão CBS em 14 de setembro de 2007. Mixtape Messiah 4, o quarto título da série Mixtape Messiah de Chamillionaire, foi inicialmente fixado para ser lançado em 18 de dezembro de 2007, mas foi lançada em 27 de agosto de 2008.

Álbuns de estúdio
  • 2005 - The Sound of Revenge
  • 2007 - Ultimate Victory

Colaborações
  • 2002 - Get Ya Mind Correct
  • 2005 - Controversy Sells2005 - Chamillitary
Coletâneas
  • 2003 - Greatest Hits
  • 2005 - Best of... Continued
  • 2005 - Greatest Hits 2
  • 2006 - Best of... Continued Part 2
Mixtapes
  • 2004 - Chamillitary
  • 2004 - The Mixtape Messiah
  • 2005 - Houston We Have a Problem

  • 2005 - The Truth
  • 2005 - Tippin' Down 2005
  • 2005 - Late Summer 2k5
  • 2005 - Whut It Dew
  • 2005 - Big Business
  • 2006 - Man on Fire
  • 2006 - Mixtape Messiah 2
  • 2006 - Da Bottom Vol. 2
  • 2007 - Mixtape Messiah 3
  • 2008 - Mixtape Messiah 4
  • 2008 - Mixtape Messiah 5
  • 2009 - Hangin' Wit Mr. Koopa
  • 2009 - Mixtape Messiah 6
  • 2009 - King Koopa (Southern Royalty)
  • 2009 - I Am Legend (Greatest Verses)
  • 2009 - Mixtape Messiah 7



Chris Brown


Christopher Maurice Brown (Tappahannock, Virgínia em 5 de maio de 1989), mais conhecido como Chris Brown é um cantor de música pop, R&B e hip hop além de dançarino e ator norte-americano. Chris Brown estreou como cantor com o single "Run It!", produzido por Scott Storch e com a participação de Juelz Santana. Seu primeiro álbum, intitulado Chris Brown, vendeu 3 milhões de cópias pelo mundo todo, sendo 2 milhões só nos Estados Unidos. O segundo álbum de sua carreira, Exclusive, teve seis singles: Wall to Wall, Kiss Kiss, With You, Take You Down, Forever e Superhuman. Actualmente está a trabalhar no seu terceiro álbum "Graffiti" e a escrever músicas para outros artistas. O primeiro single do seu terceiro álbum está previsto ser lançado no Verão de 2009.

História

Carreira musical Filho de Joyce Hawkins e Clinton Brown, conquistou os fãs de hip-hop,rap e R&B de todo o mundo. Em seu primeiro single, Run It!, o garoto de Virginia chegou ao topo da parada da famosa Billboard. Além dela, o outro sucesso de seu disco de estréia, Yo (Excuse Me Miss) aparece na lista entre as mais tocadas.
Um dos responsáveis pelo boom de Chris é o famoso produtor Scott Storch, que já trabalhou com 50 Cent, Lil Kim e Mario. Storch, realmente, gosta de produzir hits. A maioria das canções desse grandes nomes do Hip-Hop estouraram no mundo todo. Não havia dúvida que o garoto iria conquistar o famoso produtor e os rappers.
Em novembro de 2005, Chris Brown, lançou seu primeiro álbum pela gravadora Jive. Nele, o rapper pode mostrar todo o seu ótimo repertório com 14 músicas e algumas participações. Uma delas é da cantor: Juelz Santana, no maior hit do cantor, Run It.
Sua 4ª música de trabalho, Say Goodbye é totalmente diferente das duas anteriores, é romântica, está mais para um R&B romântico que é o outro estilo de Chris, além de Hip-Hop, e Rap.

Exclusive

Exclusive Seu segundo álbum de estúdio intitulado "Exclusive" seria lançado em 28 de Agosto de 2007, no entando foi adiado para 6 de Novembro de 2007. O primeiro single deste álbum, "Wall to Wall" chegou apenas a posição #79 nos Estados Unidos, sendo o single de menor sucesso de Chris Brown até hoje. O segundo single, "Kiss Kiss" conta com a participação e produção de T-Pain. O vídeo da música foi filmado na Florida International University em Miami no verão de 2007. A música fez muito mais sucesso que o single anterior e se tornou o segundo single #1 nos Estados Unidos.
Em 4 de Dezembro de 2007, Chris lançou seu terceiro single do álbum, que se chama "With You", produzida pela Stargate. A música chegou a nº1 no top do TRL(Total Request Life) sendo o quinto single top 10 de Chris nos Estados Unidos.
A 3 de Junho saiu o seu álbum Exclusive re-editado chamando-se "Exclusive: The Forever Edition" cujo single já saiu "Forever". No álbum re-editado além das músicas que tem o álbum "Exclusive" esta nova edição tem novas músicas, tendo uma música remixada "Picture Perfect" onde conta com a participaçao de Bow Wow, e um das novas músicas sendo "Superhuman" onde canta com Keri Hilson. A nova edição tem também um DVD "Chris Brown on Tour". O DVD que aparece em "Exclusive: The Forever Edition" mostra o Chris Brown.
Na sua tour pelos Estados Unidos e é apenas uma pequena versão do DVD completo "Chris Brown on Tour" (sendo o sucessor de "Chris Brown's Journey"), que ainda está a ser editado e não se sabe quando irá para as lojas.
Discografia
  • 2006 : Chris Brown
  • 2007 : Exclusive
  • 2008 : Exclusive: The Forever Edition (Ediçao Especial)
Videoclipes
  • 2005: "Run It!" (Featuring Juelz Santana)
  • 2006: "Yo (Excuse Me Miss)"
  • 2006: "Gimme That" (Featuring Lil Wayne)
  • 2006: "Say Goodbye"
  • 2006: "Shortie Like Mine" (Bow Wow Featuring Chris Brown)
  • 2007: "Wall to Wall"2007: "Kiss Kiss (Featuring T-Pain)
  • 2007: "This Christmas" Filme: This Christmas
  • 2007: "With You"
  • 2008: "No Air" (Jordin Sparks Featuring Chris Brown)
  • 2008: "Shawty Get Loose" (Lil Mama Featuring Chris Brown e T-Pain)
  • 2008: "Forever"
  • 2008: "Get like Me" (David Banner Featuring Chris Brown e Yung Joc)
  • 2008: "What Them Girls Like" (Ludacris Featuring Chris Brown & Sean Garret)
  • 2008: "Superhuman" (Chris Brown Featuring Keri Hilson)
  • 2008: "We Make The World Go Round" (Nas Featuring Chris Brown & The Game)
  • 2008: "Head Of My Class" (Scoot Smiff featuring Chris Brown)2009: "Freeze" (T-Pain Featuring Chris Brown)
Filmografia
  • TV
  • 2006: One on One
  • 2006: The O.C.
  • 2006: The Brandon T. Jackson Show
  • 2007: Sesame Street
  • 2008: The Suite Life of Zack and Cody (1 episódio, junto com as Cheetah Girls)
  • Filmes
  • 2007: Stomp The Yard
  • 2007: This Christmas2009: Bone Deep (A ser filmado/Produzido)
  • 2009: Phenom (Pré-produção)