quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Akon


Akon é um cantor de R&B e hip hop americano de origem senegalesa e wolof, também é compositor, rapper e produtor musical. Akon chegou à fama em 2004 após o lançamento de seu single "Locked Up", do seu álbum de estreia Trouble. Seu segundo álbum, Konvicted, foi indicado para o Grammy Award juntamente com o single "Smack That". Ele é o fundador da Konvict Muzik e Kon Live Distribution. Ele é conhecido por realizar trabalhos com vários artistas, tendo mais de 155 participações, e 23 canções registradas nos gráficos da Billboard Hot 100. Ele é o único artista a conseguir ficar ao mesmo tempo em primeiro e em segundo lugares simultaneamente nos gráficos da Billboard Hot 100, duas vezes, com "Don't Matter" e "The Sweet Escape".

Carreira

Nome e idade

O nome completo de Akon é Aliaune Badara Akon Thiam, anunciado por ele próprio. Algumas fontes dizem que seu nome é Aliaune Thiam, e fontes como a Associated Press tem relatado que ele tenha nascido em 1973. Documentos legais divulgados pela The Smoking Gun lista seu nome como Aliaune Thiam Damala e a data de nascimento 30 de abril de 1973, ou 16 de abril de 1973.

Antecedentes

Akon é filho do percussionista senegalês Mor Thiam. Ele nasceu em St. Louis, Missouri, e viveu em Dakar, Senegal até os 7 anos de idade, na infância dividiu o seu tempo entre Senegal e Estados Unidos, até que aos 15 anos mudou-se permanentemente para Jersey City, Nova Jersey. Ele gravou sua primeira canção, "Operations of Nature", com quinze anos. Akon começou a escrever e gravar suas canções em seu estúdio particular. As fitas o levaram a ser contratado pela SRC/Universal, que Akon lançou seu álbum de estreia Trouble, em junho de 2004. A maioria das canções de Akon começa com o som da cela de uma prisão e um celular com ele dizendo a palavra "Konvict." O seu nome artistico tem o som das palavras "A con", abreviatura coloquial para "A convict", que significa "Um condenado" (pela justiça).


2004-2005

O álbum solo de estreia de Akon, Trouble, foi lançado em 29 de junho de 2004. Destaques para os singles "Locked Up" e "Lonely", bem como "Belly Dancer (Bananza)", "Pot of Gold" e "Ghetto". Akon cumpriu um período de três anos de prisão por um grande assalto, uma experiência que inspirou a música "Locked Up". Locked Up alcançou o top 10 nos Estados Unidos. Seu gerente Robert Montanez foi baleado e morto após um litígio em Nova Jersey, em dezembro de 2005. "Ghetto" tornou-se um hit de rádio, quando foi remixado por Green Lantern para incluir versos de lendários rappers como 2Pac e The Notorious B.I.G. Em 2005, ele lançou o single "Lonely". A música alcançou o top cinco na Billboard Hot 100, e alcançou os topos na Austrália, no Reino Unido e na Alemanha. Em 2005, Akon ganhou mais popularidade após ter participado do álbum de estreia de Young Jeezy, Let's Get It: Thug Motivation 101, com a canção "Soul Survivor", que tornou-se um hit entre os cinco principais da Billboard Hot 100.

2006-2007

O segundo álbum de Akon, intitulado Konvicted, foi lançado em 14 de novembro de 2006, neste álbum incluíram participações de Eminem, Snoop Dogg e Styles P. No final de agosto de 2006, Akon lançou o primeiro single deste álbum, "Smack That" com a participação de Eminem. Este single atingiu o segundo lugar na Billboard Hot 100, durante cinco semanas consecutivas.

O vídeo da música "Smack That" foi dirigida por Raymond Garced. "I Wanna Love You", o segundo single, foi lançado em setembro de 2006, trata-se de uma parceria entre Akon e Snoop Dogg. Este foi o primeiro single de Akon a chegar na primeira posição da Billboard Hot 100, e Snoop o segundo. "I Wanna Love You" conseguiu nos Estados Unidos a posição por duas semanas consecutivas.

Em janeiro de 2007, Akon lança seu terceiro single "Don't Matter", que lhe valeu seu primeiro número um solo e o segundo consecutivo pelo Hot 100. O quarto single, "Mama Africa" foi lançado em maio de 2007. "Sorry, Blame It on Me" é o quinto single do álbum, foi lançado em agosto de 2007 e estreou na sétima posição no Hot 100. A canção não está disponível no álbum original, mas sim na parte Deluxe Edition de Konvicted, que saiu em 28 de agosto de 2007. O sexto e último single deste álbum só foi confirmado em uma entrevista por Akon, "Never Took the Time". Konvicted estreou na segunda posição no Billboard 200, vendendo 286,000 cópias em sua primeira semana.

Após seis semanas do lançamento, Konvicted vendeu mais de um milhão de cópias nos Estados Unidos e mais de 1,3 milhões em todo o mundo. O álbum foi certificado platina depois de sete semanas, e depois de dezesseis semanas, foi certificada dupla platina. Konvicted permaneceu no topo da Billboard 200 vinte vezes durante 28 semanas consecutivas, em que atingiu no máximo a segunda posição, em quatro ocasiões diferentes. Em 19 de novembro de 2007, a RIAA certifica Konvicted álbum de platina tripla, com três milhões de unidades vendidas nos Estados Unidos. O álbum já vendeu mais de quatro milhões em todo o mundo.

Em 5 de outubro de 2006, Akon quebrou um recorde no Hot 100, ele conseguiu a maior subida na tabela nos 48 anos de história da parada musical, com a canção "Smack That", saltou da 95ª posição para a 7ª. O salto é acompanhado pela sua 6ª posição na estreia no Hot Digital Songs com 67.000 downloads. O recorde já foi quebrado várias vezes.

Em dezembro de 2006, Akon com "Smack That" foi indicado para a categoria de "melhor colaboração de rap/canto" no 49º Anual Grammy Awards, mas perdeu para Justin Timberlake e T.I. com "My Love". No dia 7 de julho de 2007 Akon participou do Live Earth Concert, New York City do Live Earth.

2008-presente

Akon é o produtor executivo do quarto álbum de estúdio de Kardinal Offishall, intitulado Not 4 Sale, que foi lançado em 9 de setembro de 2008. O primeiro single oficial do álbum foi "Dangerous", com a participação de Akon. Em 2 de dezembro de 2008 foi lançando seu terceiro álbum de estúdio Freedom, sendo lançados três singles; "Right Now (Na Na Na)", "I'm So Paid" (com Lil Wayne e Young Jeezy) e "Beautiful" (com Kardinal Offishall e Colby O'Donis).

Álbuns de estúdio

  • 2004 - Trouble
  • 2006 - Konvicted
  • 2008 - Freedom

Singles

  • "Locked Up" (2004)
  • "Ghetto" (2005)
  • "Lonely" (2005)
  • "Belly Dancer (Bananza)" (2005)
  • "Pot of Gold" (2005)
  • "Smack That" (com Eminem) (2006)
  • "I Wanna Love You" (com Snoop Dogg (2006)
  • "Don't Matter" (2007)
  • "Mama Africa" (2007)
  • "Sorry, Blame It on Me" (2007)
  • "Never Took the Time" (2007)
  • "I Can't Wait" (com T-Pain) (2008)
  • "Right Now (Na Na Na)" (2008)
  • "I'm So Paid" (com Young Jeezy & Lil Wayne) (2008)
  • "Beautiful" (com Colby O'Donis & Kardinal Offishall) (2009)
  • "We Don't Care" (2009)



Nenhum comentário: