quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Missy Elliott

Melissa Arnette Elliott, mais conhecida como Missy Elliott, (Portsmouth, 1 de julho de 1971) é uma rapper, MC, compositora e produtora musical de Portsmouth, Virgínia. Elliott era originalmente conhecida como Missy "Misdemeanor" Elliott e por vezes com somente um "t". Abandonou o "Misdemeanor" de seu nome artístico em 2003, sendo atualmente conhecida apenas por "Missy Elliott". Com vendas ultrapassando 24 milhões, Missy é atualmente a rapper feminina melhor sucedida de todos os tempos. Elliott é conhecida por uma série de hits como "The Rain (Supa Dupa Fly)", "Hit 'Em Wit Da Hee", "Get Ur Freak On", "One Minute Man", "Work It" e "Lose Control". Recebeu reconhecimento como uma das mais bem sucedidas compositoras na música moderna, tento alçado hits para artistas como Melanie B, Fantasia, Aaliyah, 702, Nelly Furtado, Ciara, Nicole Wray e Tweet, frequentemente com a produção compartilhada pelo colega de infância Timbaland. Ela foi a quarta rapper a receber disco de platina pela RIAA, atrás de Lil' Kim, Foxy Brown e Da Brat; e é a única rapper a ter recebido seis álbuns de platina.
História

Primeiros anos de carreira


No final da década de 1980, Missy Elliott, LaShawn Shellman, Chonita Coleman e Radiah Scott formaram o grupo de R&B "Sista", em que Elliott era vocalista e compositora. Ela recrutou o amigo de infância/vizinhança Timothy Mosley como produtor da banda e começaram a gravar faixas demo. Em 1991, o Sista chamou atenção do produtor do Jodeci, DeVante Swing, por apresentar canções do grupo a cappella para ele nos camarins após um concerto de seu grupo. O Sista mudou-se para Nova Iorque e assinou com a Elektra Records através do selo de DeVante, Swing Mob. Elliott levou Mosley (que DeVante chamou Timbaland, nome artístico dele até hoje) e seu amido Melvin "Magoo" Barcliff. Enquanto Elliot (na época creditada como Melissa Elliot) escreveu letras o primeiro compacto do álbum de estréia de Raven-Symoné, "That's What Little Girls are Made of", ela também contribuiu nas letras dos dois últimos álbuns do Jodeci: Diary of a Mad Band (1993) e The Show, The After Party, The Hotel (1995). Timbaland e DeVante produziram um LP do Sista, 4 All the Sistas Around the World, completado em 1994. Apesar do lançamento de videoclipes para versões original e remixada do compacto "Brand New", o álbum nunca foi lançado. Em 1995 a Swing Mob terminou e seus membros dispersaram; Elliott, Timbaland, Magoo, Ginuwine e Playa permaneceram juntos e colaboraram com os trabalhos dos outros pelo resto da década.

Discografia
  • Álbuns de estúdio
  • Supa Dupa Fly (1997)
  • Da Real World (1999)
  • Miss E ...So Addictive (2001)
  • Under Construction (2002)
  • This Is Not a Test! (2003)
  • The Cookbook (2005)
  • Respect M.E. (2006)
  • Block Party (2008)

Dr. Dre


André Romell Young (18 de Fevereiro de 1965 em Los Angeles, Califórnia), é mais conhecido como Dr. Dre, é um produtor de rap estadunidense. Surgiu na cena musical no fim da década de 1980 é um dos mais conhecidos de entre os produtores de rap da atualidade.


História

Começou sua carreira na música como DJ em um clube de Los Angeles chamado Eve After Dark. O responsável por esse clube, conhecido como Lonzo, contratou Dr. Dre e outro DJ do local, Yella, juntamente com o Cli-N-Tel (um amigo do colégio de Andre) para formar o grupo World Class Wreckin' Cru. A produção acontecia nos fundos do clube, onde havia um mini-estúdio de 4 canais onde foram gravadas as primeiras músicas do grupo. Eles entraram no top40 R&B de sucessos com o single Turn Off The Lights.

Logo, o World Class Wreckin Cru deixou de ser uma prioridade para Dr. Dre e Yella quando eles formaram, afiliado ao selo de gravadora Ruthless Records fundado por Eazy E com dinheiro obtido pela venda de drogas, o grupo N.W.A (abreviação de Niggaz With Attitude que significa Negros de Atitude cujos membros são Dr. Dre, DJ Yella, MC Ren, Ice Cube e o próprio Eazy E). Suas músicas viraram hinos das ruas (embora grupo não tenha tido apoio da mídia nem da MTV) e seus membros viraram os mais notórios representantes do que viria a ser batizado de gangsta rap: um gênero musical do hiphop com letras de hedonismo e violência. Seus protagonistas justificavam o estilo chocante das músicas dizendo que eles apenas estavam "contando como a coisa é". O Grupo N.W.A lançou 3 álbuns (nessa ordem): N.W.A And The Posse, Straigh Outta Compton e Efil4Zaggin (Niggaz4Life ao contrário), todos produzidos pelo Dr. Dre e DJ Yella. Durante seu tempo na Ruthless, Dr. Dre também produziu o álbum do grupo "Above The Law" e do rapper The D.O.C.


Dentro do N.W.A. houve desentendimentos entre os membros. Ice Cube havia deixado o grupo após o segundo álbum e o Dr. Dre após o 3o em 1991 - foi o fim do N.W.A.


Após isso, Dr. Dre fundou, juntamente com Marion Suge Knight, ou Suge Knight, o selo de gravadora Death Row Records e o primeiro CD lançado por ela foi do próprio Dre, chamado The Chronic. Os singles desse CD foram "Fuck Wit Dre Day", "Let Me Ride", "Nuttin' But A ‘G’ Thang" (esse, em destaque, já foi eleito o melhor single da década de 90 e é considerado o melhor single de rap de todos os tempos) e "Lil’ Ghetto Boy". Depois, Dr. Dre também produziu o álbum de Snoop Dogg chamado Doggystyle, mixou o álbum do Dogg Pound e contribuiu com algumas faixas para outros artistas, inclusive o viciante single de Tupac chamado California Love (junto de Roger Troutman).


Anos depois, começou a haver desentendimentos entre os dois fundadores. Dr. Dre achava que estava ganhando pouco por ser o produtor criador dos grandes sucessos que impulsionavam as vendas de discos e, descontente com a maneira como Suge Knight controlava a Death Row, ele sai de lá declarando que "o gangsta rap estava morto". Por esse motivo e outros, como Tupac, um dois mais conhecidos artistas, havia morrido e Suge vai para prisão, a Death Row decai. Pouco tempo depois, Dre funda a Aftermath Entertainment existente até hoje. De lá vieram grandes nomes do Hip Hop americano como Eminem e 50 Cent.


Pela Aftermath Entertainment foi lançada a seqüência do The Chronic chamada 2001 (ou Chronic 2001 como é chamado pelos fãs). Hoje, Dr. Dre, conhecido como um dos melhores "criadores de sucessos" do mundo da música, e considerado o melhor produtor de rap, está prestes a lançar seu próximo CD, o terceiro e possivelmente último, chamado Detox, que contará com a presença dos rappers Eminem e 50 Cent, entre outros.

Discografia

Álbuns Solo
  • 1992 - The Chronic
  • 1999 -2001
  • 2009 - Detox
Com o N.W.A.
  • 1987 - N.W.A. and the Posse
  • 1989 - Straight Outta Compton
  • 1990 - 100 Miles and Runnin'
  • 1991 - Efil4zaggin
Filmografia

  • 1996- Set It Off
  • 2000 -Up In Smoke Tour
  • 2001- Training Day
  • 2001- The Wash


Snoop Dogg

Snoop Dogg (nome artístico de Cordozar Calvin Broadus, Jr.; Long Beach, 20 de outubro de 1972), é um rapper e ator americano. Ganhou o apelido de "Snoopy" de sua mãe e adotou o nome artístico de Snoop Doggy Dogg quando começou a gravar.






Biografia e carreira

Nascido em Long Beach, na Califórnia, Snoop Dogg entrou no mundo do rap como um orgulhoso representante da costa oeste dos Estados Unidos. Em 1992, quando ele surgiu, a costa oeste era conhecida por rappers como Tupac, Eazy-E, Dr. Dre, Ice Cube e Ice T, artistas inteligentes e da linha gangsta rap, que pintavam um retrato realista e perturbador da vida.

Snoop Dogg começou a carreira como membro do grupo 213, que também incluía Warren G e Nate Dogg, conhecidos mais pelas suas carreiras solo do que pelo grupo. Os fãs de hip-hop ouviram o estilo malandro de Snoop Dogg pela primeira vez com o filme de Dr. Dre, Deep Cover. Depois, ele apareceu no disco clássico de Dre, The Chronic, em que interpreta o sucesso "Nuthin' But a G Thang", uma das muitas colaborações que reuniu os dois rappers ao longo dos anos.

Dogg era muito amigo de Tupac Shakur, e chegou a compor músicas com ele quando ainda gravava pela Death Row Records. É notória também a sua amizade com o grande rapper-produtor Dr. Dre, que o lançou no mainstream do rap em sua primeira aparição no videoclipes de "Nuthin' But A G Thang", do álbum The Chronic, de Dre, em 1992.

Seu primeiro lançamento, foi o álbum Doggystyle, lançado pelo célebre selo do hip-hop, Death Row, do magnata Suge Knight. Lançado em 1993, tornou-se o primeiro disco de estréia de um artista a chegar ao número um da parada geral da Billboard e recebeu encomendas antecipadas de 1,5 milhão de unidades. Doggystyle já vendeu mais de sete milhões de unidades em todo o mundo e é considerado como um dos maiores álbuns de hip hop da história. O segundo álbum, e que já não contou com Dr. Dre na produção, saiu em 1996, e intitulava-se Tha Doggfather, que também estreou na primeira posição na Billboard.

Logo depois fechou contrato com a No Limit Records, de Master P, onde gravou The Game Is to Be Sold, Not to Be Told (1998), No Limit Top Dogg (1999) e Tha Last Meal (2000). Em 2002 o rapper passou para a Priority/Capitol e lançou Paid Tha Cost to Be Da Bo$$, que teve como maior êxito o tema "Beautiful", cujo videoclipe foi filmado em locações no Brasil (no Rio de Janeiro), e que contou com a participação de Pharrell Williams, dos The Neptunes. Fundou seu próprio selo, Doggystyle Records, distribuído pela MCA, e uma grife de roupas, a Snoop Dogg Clothing.

Em 2004 lançou o seu trabalho R&G (Rhythm & Gangsta): The Masterpiece, do qual já se extraíram os singles "Drop It Like It's Hot", "Let's Get Blown", ambos com a participação de Pharrell Williams, e ainda mais "Signs" que conta com a colaboração de Justin Timberlake e Charlie Wilson. No ano de 2006 lançou novo álbum, Tha Blue Carpet Treatment, onde contou com participações de R. Kelly, B-Real, E-40, The Game, Akon, entre outros. Tha Blue Carpet Treatment teve singles como "That's That's" (com R. Kelly), "Vato" (com B-Real), "Drippin' Like Water" (com E-40, Daz, Mc Eith, Goldie Loc e Kurupt, e o mais recente "Boss Life" com Akon na versão do disco e na versão do videoclipe Nate Dogg.

Seu lado cômico lhe proporcionou uma série de papéis em filmes como Baby Boy, de John Singleton, Dia de Treinamento, com Denzel Washington, Confusões no Lava Jato (que também conta com participação de Dr. Dre), e o filme de terror Bones, entre outros. Em 18 de maio e outubro de 2001, Snoop Dogg foi multado e preso por porte de maconha.

Em 2008 lançou o álbum Ego Trippin'.

Discografia

  • 1993 - Doggystyle
  • 1996 - Tha Doggfather
  • 1998 - Da Game Is to Be Sold, Not to Be Told
  • 1999 - No Limit Top Dogg
  • 2000 - Tha Last Meal
  • 2002 - Paid tha Cost to Be da Bo$$
  • 2004 - R&G (Rhythm & Gangsta): The Masterpiece
  • 2006 - Tha Blue Carpet Treatment
  • 2008 - Ego Trippin'
  • 2009 - Malice in Wonderland

Filmografia

  • 1998 - Prá lá de Bagdá - Scavenger Smoker
  • 1998 - Jogo Bruto - Kool Kitty Kat
  • 1998 - Ride - Mente
  • 1998 - Documentry of Shawn - Brian
  • 1999 - Garotos Brancos (camafeu) (também com a música "Whiteboys")
  • 2001 - Parceiros no Crime
  • 2001 - Baby Boy - O Dono da Rua - Rodney (Ouro)
  • 2001 - Dia de Treinamento - Blue
  • 2001 - Bones - O Anjo das Trevas - Jimmy Bones
  • 2001 - Confusões no Lava-Jato - Dee Loc (também produtor executivo)
  • 2003 - Dias Incriveis - ele mesmo (camafeu)
  • 2003 - Pauly Shore Está Morto
  • 2003 - O Mais Procurado (voz)
  • 2004 - Justiça em Dobro - Huggy Bear
  • 2004 - Uma Festa no Ar - Antonio Mack
  • 2005 - The L.A. Riot Spectacular (narrador)
  • 2005 - Boss'n Up - Cordé Christopher
  • 2006 - O Inquilino - Willie Spermint
  • 2006 - Welcome to Hood of Horror - Caçador do Inferno/Devon/Narrador (também produtor executivo)
  • 2009 - Brüno